Naufragio Guadiana

Mais um naufrágio localizado na região de difícil navegação do Arquipélago de Abrolhos. O navio Guadiana transportava café e, em dia de pouca visibilidade, acabou se chocando com um chapeirão e afundou no ano de 1885. Hoje ele se encontra desmantelado, com algumas peças identificáveis, como as máquinas e o leme.

Servindo como recife artificial e junto a um conjunto de chapeirões, encontra-se muita vida neste naufrágio. Existe um mero que é residente do navio e pode ser encontrado nos mergulhos.

Nível

Nível

  • Iniciante
Visibilidade

Visibilidade

  • 11 m
Current

Current

  • Corrente Leve
  • Sem Corrente
  • Corrente de Retorno
  • Corrente Forte
TIPOS DE MERGULHO

TIPOS DE MERGULHO

  • Estação de Limpeza
  • Nightdive
  • Recife Artificial
  • Drift Diving
  • Ponto Macro
  • Mergulho em Naufrágio

Temperatura & Visibilidade

Mergulhos

Diversidade de Vida Marinha

CENTRO DE TREINO AFILIADO

LOCAIS DE MERGULHO PRÓXIMOS

O Chapeirão Atlântida é um ponto de mergulho pouco visitado na região de Abrolhos, porém oferece um mergulho espetacular. As formações proporcionam um mergulho com diversas passagens e canais, até a chegada a um salão, onde cabem quase 15 mergulhadores. A profundidade varia entre 8 e 32 metros.

Saiba mais

O conjunto de chapeirões que recebe o nome de Faca Cega consiste em um dos principais pontos de mergulho do Arquipélago de Abrolhos. Ele possui um salão que chega as 25 metros de profundidade, com quase 20 metros de diâmetro. O visual é impressionante, com diversas passagens e tocas.

Saiba mais

Ilhas Rasas

As Ilhas Rasas ficam a 11 milhas de Guarapari. São consideradas ilhas oceânicas, com formação rochosa, e possuem grande biodiversidade de peixes recifais, além de um naufrágio centenário.

Saiba mais

O cargueiro Victory 8B foi afundado propositalmente no litoral do Espírito Santo, a 6 milhas náuticas do continente. Este navio foi abandonado pela tripulação após 18 meses parado no porto, com problemas fiscais. Ele se encontra na posição de navegação, com muitas peças intactas. Prof. Máx 36mts

Saiba mais

A Ilha Escalvada oferece um dos melhores mergulhos do Espírito Santo. Sua profundidade varia entre 6 e 24 metros e o ponto é suscetível a correntezas.

Saiba mais

O Galeão Português Santíssimo Sacramento naufragou em 1668 após capitanear uma frota na travessia do atlântico para Salvador. Acabou chegando em noite de grande tormenta e naufragou na entrada da Baia de Todos os Santos, naufrágio de grande valor histórico, possível ver canhões e muitas âncoras da época.

Saiba mais

Corais de Ondina

Corais de Ondina, também conhecido como Jardins, compõe uma área de 200 metros quadrados, com fundo rochoso coberto por corais. Local interessante com muita vida marinha e cardumes de peixes. É comum avistar peixes de passagens e animais maiores como xaréus, badejos, raias e lagostas.

Saiba mais

O Reliance fica ao lado do morro do Cristo, na Barra. Local com fácil acesso e profundidade máxima de 8 mts. na maré cheia. As máquinas ainda estão aparentes e intactas As caldeiras e o volante do leme estão enterrados na areia. É possível ver uma pá do hélice para fora.

Saiba mais

Maraldi é um naufrágio raso, com profundidade máxima de 6 metros, ideal para iniciantes e batismos. Fica ao lado do farol e possui uma linda caldeira no centro dos destroços. O cavername no fundo direciona o mergulho neste naufrágio, uma vez que se encontra desmantelado.

Saiba mais

Germânia e Bretangne são dois naufrágios muito próximos. Seus cavernames se misturam no fundo. Podem ser identificadas três grandes caldeiras, mastro, âncoras, proas e porões. Tudo isso pode ser visto em um mergulho raso, perto do farol da Barra, na entrada da Baía de Todos os Santos.

Saiba mais